CELEIRO DA POESIA 6ª EDIÇÃO

II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES

REGULAMENTO

 

I – INTRODUÇÃO

 

Art. 1º – O CELEIRO DA POESIA integra um projeto cultural desenvolvido pelo Instituto Humaniza, com apoio da Prefeitura Municipal de Abdon Batista e AC Celeiro da Tradição com patrocínio da ENERCAN – Energia Campos Novos através de incentivo fiscal pela Lei Rouanet. O CELEIRO DA POESIA é um evento cultural e educacional realizado desde o ano de 2013, com o objetivo de fomentar o gosto pela arte declamatória, bem como capacitar intérpretes, poetas e amadrinhadores além da formação de plateia em recitais e festivais, tendo por objetivos:

 

II – OBJETIVO GERAL

 

Art. 2º:  O CELEIRO DA POESIA tem por objetivo maior a movimentação cultural artística e turística na região da AMPLASC, através de momentos educacionais de acesso à cultura através da capacitação artística para intérpretes, poetas e amadrinhadores além da formação de plateia em recitais e realização de festivais de poesia inédita, declamação e amadrinhamento, premiando os destaques.

 

III – OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 

Art. 3º:  São os objetivos específicos do VI Celeiro da Poesia:

 

Realização da II Colheita de Versos – Concurso de Poesia Inédita, Declamação e Amadrinhamento.

Realização do II Festival Nacional de Declamadores – com poemas inéditos ou conhecidos.

Realização de Oficinas Culturais sobre declamação, composição poética, amadrinhamento musical e avaliação.

Integrar, através da poesia, a comunidade de Abdon Batista e toda a região da AMPLASC ao Movimento Artístico onde se cultua o Nativismo e o Tradicionalismo;

Abrir novos espaços para poetas, declamadores e músicos;

Divulgar a arte, a história, e a cultura do homem, da mulher das coisas e da sociedade integrada ao culto das manifestações artísticas, folclóricas, histórias, geográficas, sociais e psicológicas destes, através do verso.

Realização de Oficina Cultural de Declamação em parceria com o Município de Abdon Batista, para todas as idades, durante todo o ano letivo de 2018, onde os alunos integrarão o Grupo de Declamadores do Celeiro da Poesia, bem como todas as pessoas independente de idade que queiram estudar a poesia gaúcha, realizando além das oficinas, recitais e ações que divulguem a poesia gaúcha na região da AMPLASC;

 

IV – COORDENAÇÃO

 

Art. 4º: A coordenação do CELEIRO DA POESIA, estará a cargo da Comissão Executiva constituída por representantes da Associação Cultural Celeiro da Tradição, Instituto Humaniza, Prefeitura de Abdon Batista, e ENERCAN.

 

Parágrafo 1ª: A Comissão Executiva é responsável pela elaboração do projeto e pela execução e avaliação do evento.

 

Parágrafo 2º: A Comissão Executiva indicará a Comissão Avaliadora dos festivais, bem como os palestrantes das oficinas, que serão integradas por: poetas, compositores, declamadores e professores, de reconhecido renome no cenário cultural gauchesco.

 

V – DO LOCAL E DATA

 

Art. 4º: As Oficinas e festivais acontecerão em duas fases, ambas no Município de Abdon Batista SC:

II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES E OFICINAS CULTURAIS: DIAS 9 E 10 DE JUNHO DE 2018 – Integrando a programação do I RODEIO ARTÍSTICO NACIONAL DE ABDON BATISTA.

II COLHEITA DE VERSOS INÉDITOS E OFICINA DE COMPOSIÇÃO POÉTICA: DIA 25 DE AGOSTO DE 2018.

 

VI – CRONOGRAMA E PROGRAMAÇÃO GERAL DO CELEIRO DA POESIA 6º EDIÇÃO

 

Art. 5º: O cronograma e programação ficam assim estabelecido:

 

CRONOGRAMA – PROGRAMAÇÃO

 

CELEIRO DA POESIA – 6ª EDIÇÃO

 

DIA 1º DE MARÇO DE 2018

INÍCIO DAS AULAS DA OFICINA DE DECLAMAÇÃO E POESIA DO CELEIRO DA POESIA

LOCAIS: CAMPOS NOVOS – CASA DA CULTURA E ABDON BATISTA – SECRETARIA DE ASS. SOCIAL

COORDENAÇÃO: GIOVANI PRIMIERI

 

DIA 15 DE ABRIL DE 2018

  • ABERTURA DAS INSCRIÇÕES PARA A II COLHEITA DE VERSOS – FESTIVAL DE POESIA INÉDITA (Categorias Nacional e Tema Especial)

Somente no  site: celeirodapoesia.com.br

 

  • ABERTURA DAS INSCRIÇÕES PARA O II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES

Somente no site: gelson.borsoi.com.br

 

DIA 15 DE MAIO DE 2018

  • ENCERRAMENTO DAS INSCRIÇÕES PARA A II COLHEITA DE VERSOS – FESTIVAL DE POESIA INÉDITA (Categorias Nacional e Tema Especial)

Somente no  site: celeirodapoesia.com.br

 

  • ENCERRAMENTO DAS INSCRIÇÕES PARA O II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES

Somente no site: gelson.borsoi.com.br

 

DIA 08 DE JUNHO DE 2018

TRIAGEM DOS POEMAS INSCRITOS NA II COLHEITA DE VERSOS– FESTIVAL DE POESIA INÉDITA (Categorias Nacional e Tema Especial)

 

DIA 10 DE JUNHO DE 2018

DIVULGAÇÃO DOS CLASSIFICADOS NA TRIAGEM DA II COLHEITA DE VERSOS – Durante a premiação do II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES.

Divulgação pela TV Tradição e a posterior no site: celeirodapoesia.com.br

 

DIA 25 DE AGOSTO DE 2018

II COLHEITA DE VERSOSO DO CELEIRO DA POESIA – 6ª EDIÇÃO

 

VII – II FESTIVAL DE DECLAMADORES MIRIM E JUVENIL

 

Art. 6º – Poderão participar do II FESTIVAL DE DECLAMADORES MIRIM E JUVENIL do 6º CELEIRO DA POESIA, declamadores de qualquer parte do Brasil inscritos no festival dentro do prazo de inscrição observando este regulamento no seu todo.

 

Art. 7º – INSCRIÇÕES: pelo site: gelson.borsoi.com.br

 

Art. 8º – CATEGORIAS: ficam estabelecidas as seguintes categorias e naipes:

 

  • PRENDA E PEAO MIRIM – ATÉ 13 ANOS
  • PRENDA E PEÃO JUVENIL – DE 14 a 17 ANOS
  • PRENDA E PEÃO ADULTO – DE 18 ANOS ACIMA
  • PRENDA E PEÃO JUVENIL – DE 30 ANOS ACIMA

 

Art. 9º – AVALIAÇÃO:

 

Os quesitos avaliados serão:

 

  • Interpretação………………..00 – 04 pontos
  • Dicção……………………………00 – 02 pontos
  • Gestualidade…………..……..00 – 02 pontos
  • Fidelidade ao texto………..00 – 02 pontos

 

Art. 10º – DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS:

 

A premiação será conferida aos que melhores atender estes quesitos, a comissão avaliadora é soberana.

Premiação promulgada após o término de todas as apresentações.

A ordem de apresentação será inversa a ordem de inscrição e em ÚNICA CHAMADA – não haverá segunda chamada.

Cada declamador é responsável pelo ajuste de som com o mesário, amadrinhador etc.

Fica livre o uso de qualquer instrumento musical para o amadrinhamento.

Fica livre o uso de artifícios de cenário, materiais cênicos e etc. desde que não atrapalhem o bom andamento do festival e que não ultrapasse uma apresentação de 10 minutos, sujeito a desclassificação.

Cada declamador deverá conferir com a comissão organizadora a letra do poema que inscreveu no site para evitar possíveis erros de fidelidade ao texto.

A comissão avaliadora será constituída de quatro integrantes que avaliarão os quesitos de interpretação, dicção e postura cênica e um quinto jurado integrante da Associação Cultural Celeiro da Tradição avaliará a fidelidade ao texto.

 

Art. 11º – INDUMENTÁRIA:

O intérprete e os músicos deverão apresentar-se obrigatoriamente pilchados no palco com a indumentária típica do gaúcho, sem descaracterização e deturpação. Sugerimos como consulta as obras “O Gaúcho, Danças Trajes e Artesanato” de J.C. Paixão Côrtes, “A Moda, Alinhavos e Chuleios” e “Ponto e Pesponto da Vestimenta da Prenda” de J. C. Paixão Côrtes e Marina M. Paixão Côrtes.

 

MÍDIA DAS APRESENTAÇÕES: com o acesso à tecnologia atual oferecida pela internet, nesta edição o CELEIRO DA POESIA fará a mídia dos poemas classificados através de transmissão ao vivo pela internet, bem como posteriormente, fixará os vídeos de cada poema apresentado no site do CELEIRO DA POESIA celeirodapoesia.com.br.

 

Art. 12º – PREMIAÇÃO:

A premiação do II FESTIVAL NACIONAL DE DECLAMADORES DO 6º CELEIRO DA POESIA acontecerá da seguinte forma:

 

DECLAMAÇÃO PEAO E PRENDA MIRIM

1º Lugar: Troféu + R$ 800,00

2º Lugar: Troféu + R$ 500,00

3º Lugar: Troféu + R$ 300,00

 

DECLAMAÇÃO PEAO E PRENDA JUVENIL

1º Lugar: Troféu + R$ 800,00

2º Lugar: Troféu + R$ 500,00

3º Lugar: Troféu + R$ 300,00

 

DECLAMAÇÃO PEAO E PRENDA ADULTO

1º Lugar: Troféu + R$ 800,00

2º Lugar: Troféu + R$ 500,00

3º Lugar: Troféu + R$ 300,00

 

DECLAMAÇÃO PEAO E PRENDA VETERANO

1º Lugar: Troféu + R$ 800,00

2º Lugar: Troféu + R$ 500,00

3º Lugar: Troféu + R$ 300,00

 

AMADRINHADOR

1º Lugar: Troféu + R$ 300,00

2º Lugar: Troféu + R$ 200,00

3º Lugar: Troféu + R$ 100,00

 

Art. 13º – COMISSÃO JULGADORA

  1. LILIANA CARDOSO DUARTE
  2. ROMEU WEBBER
  3. SILVANA GIOVANINI

 

Art. 14º – DISPOSIÇÕES GERAIS

 

Os casos omissos no presente regulamento, bem como eventuais dúvidas surgidas durante a realização do evento, serão resolvidos pela Comissão Executiva.

As deliberações da Comissão Avaliadora serão soberanas, não cabendo nenhuma contestação.

Havendo necessidade este regulamento poderá ser alterado.

CONTATO:

 

SITE: www.celeirodapoesia.com.br

E-mail: contato@celeirodapoesia.com.br

Telefone/Whatsapp: GIOVANI PRIMIERI– (49) 988109522